domingo, agosto 01, 2010

vento que te beija

O vento que te beija
a ave que no ar graceja
a certeza, a cerveja
compartilhada
o encontro, a partida,
a chegada
Na distância horizonte
fumaça polida
a ilha
o mar
a despedida
Há muitos pés aqui
muita vida e paz
mas o que eu queria
já é outro dia
tarde que clara faz
eu sair por aí
desvelando a saudade
que luzia
...mas o que eu quero
é ser o vento

2 comentários:

Caio Fabricius disse...

Você é um apaixonado, rapaz

contador de histórias disse...

sempre! ha algum mal nisso? rs